Laboratório de Leitura – Ciclo Pocket VIII: Ricardo Mituti aplica LabLei de “A Sentinela”, de Nikolai Leskov, em grupo domiciliar em Goiânia

Leituras do Ano – 2020: lista atualizada
15 de março de 2020
Leituras do Ano – 2020: lista atualizada
30 de março de 2020
Mostre tudo

Apliquei no último sábado 14 mais um ciclo profissional de Laboratório de Leitura (LabLei) no formato pocket.

A atividade teve duração de 4h e aconteceu num grupo domiciliar em Goiânia (GO), formado por profissionais das áreas de Direito e Saúde.

A obra trabalhada no Laboratório foi o conto “A Sentinela”, do escritor russo Nikolai Leskov – uma das narrativas do livro Homens Interessantes e Outras Histórias (Editora 34).

Entre os temas surgidos durante a atividade, destaque para a questão da justiça e da injustiça, a mentira, a burocracia, a tomada de atitude e a humanização.

Com mais este Laboratório de Leitura, já somo 55h30 de experiência profissional – além de outras 18h de estágio externo – como coordenador da vivência de humanização pela Literatura, entre ciclos regulares e no formato pocket.

Laboratório em Goiânia
Esta foi a terceira vez que viajei a Goiânia desde outubro de 2019, quando ministrei uma palestra sobre a experiência de humanização pelos livros para paroquianos da Paróquia Menino Jesus, integrante da Arquidiocese de Goiânia.

Foi lá que conheci o advogado Paulo Ricardo Gontijo Loyola, anfitrião – juntamente com a esposa, a promotora de Justiça Marta Moriya Loyola -, do grupo domiciliar no qual trabalhamos “A Sentinela”, de Leskov.

Paulo Ricardo também participou do primeiro ciclo de LabLei que coordenei em Goiânia, em novembro passado (relembre aqui).

Meu anfitrião gostou tanto da experiência que está fazendo o Curso de Formação de Coordenadores de Laboratório de Leitura com Dante Gallian, criador da metodologia e nosso formador – o que muito me alegra, por saber que, de alguma forma, contribuí para a expansão do LabLei para além das fronteiras de São Paulo, onde até então a atividade estava concentrada.

A Paulo Ricardo e Marta Loyola, muito obrigado pela afetiva acolhida. E, aos demais participantes, agradeço imensamente pelo muito que pude aprender com vocês (só lamento termos nos esquecido de registrar com fotos esse encontro… :()

Até uma próxima oportunidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *