EPÍGRAFES #41: Ricardo Mituti bate um papo com Ricardo Laganaro, cineasta de narrativa imersiva

EPÍGRAFES #41: Confira making of do próximo programa
22 de outubro de 2018
EPÍGRAFES #41: Assista à entrevista com Ricardo Laganaro, cineasta de narrativa imersiva
24 de outubro de 2018

Vai ao ar nesta quarta-feira 24 a edição de número 41 do “Epígrafes”, talk show idealizado e apresentado por mim.

Neste programa, falo sobre os novos formatos narrativos na arte de contar histórias com o publicitário e cineasta de narrativa imersiva Ricardo Laganaro, um dos principais especialistas do Brasil em Realidade Aumentada, Realidade Virtual e Realidade Mista, sócio e Chief Storytelling Officer da produtora Arvore Immersive Experiences e professor visitante do Laboratório de Imersão em Design e Experiências da Universidade de Belas Artes, de São Paulo (SP).

Realizador Cinematográfico pela New York Film Academy, nos Estados Unidos, Laganaro atuou por nove anos na produtora O2 Filmes, do prestigiado diretor Fernando Meirelles – que, entre outros filmes, fez o premiado Cidade de Deus” (2002). Em seis deles, Ricardo foi coordenador do 3D e supervisor de efeitos visuais da O2; nos outros três, atuou como diretor.

Dirigiu o premiado documentário “Step to the Line”, em Realidade Virtual – publicamente elogiado por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook e selecionado para ser exibido no Tribeca Film Festival 2017, em Nova York (EUA) –, e o musical “O Farol”, da cantora Ivete Sangalo, o videoclipe 360º mais assistido do mundo em 2016. Também esteve à frente do filme 360º do Portal Cósmico, a primeira experiência sensorial do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro (RJ).

Não bastasse todo esse currículo, o que também credencia Ricardo Laganaro à condição de fonte perfeita para a pauta sobre narrativas é o fato de ele ser um estudioso da Língua Portuguesa e de Literatura – inclusive, como aluno de cursos de escrita criativa. “Juntei essas duas lacunas que sentia ter em minha formação, a escrita e a literatura, no sentido de como trabalhar a narrativa, de entender como grandes autores trabalham a narrativa, e também para entender o começo do Romance”, diz ele. “Porque foi uma grande revolução quando se inventou a imprensa e começou a se produzir livro em massa para as pessoas. Uma revolução tão grande e transformadora quanto essa que a gente vive agora.”

Legal, não? Então assista aqui à chamada da entrevista com Ricardo Laganaro e não perca a próxima edição do “Epígrafes”, nesta quarta-feira 24.

Até porque, importante lembrar, esta é uma edição especial por duas razões.

Primeiramente, porque marca a volta do programa, após um hiato de algumas semanas, provocado por problemas técnicos – assista a este vídeo e entenda.

Em segundo lugar, porque o programa #41 será o último da temporada 2018 – e nesta quinta 25, em outro vídeo, explico o porquê estamos parando mais cedo neste ano.

A propósito, o EPÍGRAFES #41 foi especialmente produzido pela Alucine Films, que, gentilmente, também cedeu seus estúdios, em São Paulo (SP), para a gravação da entrevista com Ricardo Laganaro. A Fernando Ferreira e Tiago Chiapetta, registro aqui toda minha gratidão pelo apoio. Valeu mesmo!

Então é isso. A gente se vê nesta quarta 24, a partir das 19h, no último “Epígrafes” de 2018.

Um grande abraço e até lá!

EPÍGRAFES #41

(FOTO: Tiago Chiapetta/Alucine Films)

Os comentários estão encerrados.